Início Destaque Chuvas alagam ruas de Alagoinhas; prefeitura monta força-tarefa

Chuvas alagam ruas de Alagoinhas; prefeitura monta força-tarefa

191
0

Pelo menos seis bairros sofreram consequências de chuvas fortes; não há registros desabrigados

Ruas de seis bairros foram totalmente alagadas (Foto: Aragão Notícias)

Here are four tips https://talesbuzz.com/how-to-write-postcard adapted from the book cheap essay writing service that you might use to help you get started

As fortes chuvas que caíram no município de Alagoinhas, a 108 km de Salvador, alagaram pelo menos seis bairros, de acordo com informações da prefeitura da cidade. Da madrugada deste domingo (21), até às 11h, choveu 60 mm – média de chuva prevista para todo o mês de outubro.

Em nota, a prefeitura afirmou que montou uma força-tarefa e que, esta manhã, intensificou o trabalhos das equipes. ” Em uma ação integrada, profissionais da Secretaria de Infraestrutura, da Secretaria de Serviços Públicos e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) foram a campo para a recuperação de pontos emergenciais”.

As operações estão sendo realizadas nos bairros mais afetados, que são região da Cavada, no Silva Jardim, em Nova Esperança, no Inocoop I, em Mãe Cirila e no Parque da Jaqueira. 

As equipes operam com retroescavadeiras e caminhões, ainda de acordo com a prefeitura, “para minimizar os danos causados pela chuva intensa e concentrada, sobretudo nas áreas que tradicionalmente registram situações de alagamento”.

(Foto: Aragão Notícias)

A Secretaria de Assistência Social informou que os agentes da pasta também estão nas ruas avaliando a situação das famílias que tiveram as casas invadidas pela água para prestar o devido atendimento. 

Danos
Conforme a Secretaria de Assistência Social, embora não haja registro de desabrigados, a situação é de “calamidade” em algumas localidades. A pasta informou que os agentes estão nas ruas avaliando a situação das famílias que tiveram as casas invadidas pela água.

“Já passamos pelo Novo Horizonte, pela Vila Marçal, pela Rua Chico Mendes, pela Baixa da Areia e pela região do Marechal, onde não há uma situação de calamidade, embora os pontos tenham registrado intercorrências devido à chuva. Estaremos agora na Cavada, no Silva Jardim e em Nova Esperança. Estaremos prontidão e estamos atuando para garantir a assistência à população”, afirmou Alfredinho Menezes, secretário municipal de Assistência Social.
    
A Prefeitura de Alagoinhas comunicou, ainda, que “os problemas crônicos de alagamento em pontos específicos, a Administração Pública também já abriu o processo licitatório para a macrodrenagem da Cavada e prevê um investimento de mais de R$ 8 milhões para a resolutividade efetiva do problema que se estende desde as gestões anteriores”.

Força-tarefa foi montada (Foto: Prefeitura de Alagoinhas)

E completou: “Dentro das medidas emergenciais e com as equipes em campo, após a chuva deste final de semana, Alagoinhas permanece em alerta. A previsão, de acordo com o Portal Clima Tempo, é de que o município continue registrando chuva para os próximos dias. A fim de solucionar imediatamente os danos causados, a força-tarefa da prefeitura segue fazendo a recomposição dos locais afetados”, concluiu.

Para demandas emergenciais, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto informou que o contato pode ser feito através do número 0800 702 7065.

Salvador
A capital também registrou grande volume de chuva neste domingo (21), mas não houve registros de alagamento ou deslizamentos. 

Seis ruas do bairro do Rio Vermelho, no entanto, ficaram sem energia elétricadepois que uma árvore caiu sobre a rede de abastecimento. Porcurada, a Coelba informou que a luz foi restabelecida cerca de uma hora depois.

No Shopping Paralela foram registrados pontos de vazamentos em decorrência das chuvas. Por meio de sua assessoria, o centro de compras informou que “os pequenos vazamentos em locais pontuaus foram prontamente identificados e avaliados por profissionais do shopping, que descartaram qualquer tipo de ameaça ou risco para clientes e lojistas”.

Ainda por meio de nota, o Paralela informou que o vazamento aconteceu devido às obras de expansão que ocorrem no 3º piso. “Também por essa razão, foram removidos forros do teto, em algumas áreas  estratégicas, onde estão sendo feitas adequações para melhoria das instalações”, concluiu.

As temperaturas na capital baiana e região variaram entre 23ºC e 30ºC durante todo o dia.

De acordo com as previsões do Climatempo, a segunda-feira vai ser de sol com muitas nuvens durante o dia. Alguns períodos de nublado, com chuva a qualquer hora, também estão previstos.